Cuidados com a Saúde em baixas temperaturas


A queda repentina da temperatura e a baixa umidade relativa do ar, ocasionadas pela chegada do outono e do inverno, contribuem para o aumento de doenças respiratórias, dermatológicas e cardiovasculares.

Manter a alimentação saudável e equilibrada, consumindo frutas, verduras e legumes, praticar exercícios físicos regularmente e manter – se hidratado através da ingestão de água, são práticas fundamentais, que devem ser constantes também em dias frios.


DOENÇAS CARDIOVASCULARES

Segundo o Instituto Nacional de Cardiologia, o índice de infartos aumenta em 30% em dias mais frios.

As baixas temperaturas favorecem a vasoconstrição, que dificulta a circulação sanguínea e a chegada do sangue ao coração. Podendo ocorrer a Angina, caracterizada por forte dor torácica e o infarto.

O frio também contribui para o aumento da pressão arterial e concentrações de fibrinogênio, que estão relacionados á trombose.

A alimentação equilibrada, reduzindo o consumo do sal, aliada a hidratação por meio da ingesta de água e a prática de exercícios físicos, permanecem sendo as ações indicadas e preventivas de doenças cardiovasculares. Bem como, as consultas e exames de rotina periódicos.


DOENÇAS RESPIRATÓRIAS

Em baixas temperaturas, devido à alta concentração de poluentes na atmosfera, a incidência de doenças respiratórias como gripes, resfriados, alergias e sinusite, tendem a aumentar.

Os ambientes fechados favorecem a circulação e contaminação pelos vírus, entre eles o Influenza. Por isso, mesmo em dias com baixas temperaturas é necessário manter os ambientes arejados.

A vacinação e alguns cuidados são recomendados pelos médicos, evitando a contaminação ou agravamento das doenças.

Lavar as mãos corretamente e frequentemente, auxilia na prevenção não só da Covid – 19, como também de várias doenças respiratórias e gastrointestinais. Manter a hidratação, através da ingesta de água (mesmo não tendo sede) e alimentação rica em verduras, legumes e frutas, principalmente as que possuem vitamina C, são ações que não só previnem como também melhoram significativamente a saúde e a qualidade de vida.


DOENÇAS DERMATOLÓGICAS

A temperatura cai e consequentemente os banhos bem quentes aumentam, o que favorece o aparecimento de algumas doenças dermatológicas, como a dermatite seborreica e a dermatite atópica.

A dermatite atópica é caracterizada por coceira, vermelhidão e descamação da pele.

O uso de hidratantes regularmente, auxilia na redução dos sintomas e na prevenção.

A temperatura da água muito quente no chuveiro, contribui para o aumento da oleosidade do couro cabeludo e ressecamento da pele. Mesmo não sendo fácil neste período, no banho, é recomendado água em temperatura morna.

O uso de pomadas ou loções e até mesmo de shampoos para tratamento da dermatite seborreica ou dermatite atópica, devem ser recomendados por médicos dermatologistas.

Os cuidados preventivos com a saúde física e emocional, são essenciais em todas as estações e condições climáticas. Para que possua usufruir com bem estar e qualidade de vida em todos os momentos, é necessário que façam parte de sua rotina diária!

Univida Plano de Saúde, há 25 anos, tratando você com amor!

Fonte: Ministério da Saúde / Instituto Nacional do Coração / Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Revisão técnica: Diretora técnica Univida - Dra. Gabriela Sorrino

Texto e Designer: Jéssica Rodrigues - PROPAGUE